Antiga Igreja do Convento São Francisco acolheu Gala das Empresas Gazela numa noite em que Coimbra brilhou

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, participou, na Antiga Igreja do Convento São Francisco, na 3.ª Gala das Empresas Gazela - 2016, organizada pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC). A cerimónia, presidida pelo secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson Souza, contou com a presença da presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa, para além de muitas outras individualidades.

Na abertura da cerimónia, Manuel Machado começou pelas boas vindas: "é um privilégio acolher-vos, mais uma vez, em Coimbra, e em especial no Convento São Francisco". "É importante transmitir-vos, como presidente da Câmara Municipal de Coimbra, que não posso deixar de vos expressar a nossa alegria ao constatarmos que a concessão dos Prémios Gazela, resulta fundamentalmente do trabalho dos empresários e das pessoas que trabalham nas empresas", afirmou.

Manuel Machado faria depois questão de saudar as empresas de Coimbra que nessa noite foram distinguidas com o galardão de empresas gazela (jovens e com rápido crescimento). Coimbra é o concelho que tem mais empresas gazela (10) em toda a Região Centro, uma área com 100 concelhos, que inclui desde a Marinha Grande a Ovar ou Viseu. Coimbra subiu de 7 para 10 empresas gazela entre 2015 e 2016.
Falando também na qualidade de presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Manuel Machado mostrou-se satisfeito por ver que os desígnios das políticas autárquicas de apoio a empresas têm dado os seus frutos. "No conjunto, nós estamos todos a contribuir para um Portugal melhor", diria a terminar.

O evento das Empresas Gazela tem como meta dar visibilidade a um conjunto de jovens empresas que se destacam no tecido económico da região, pelos seus elevados ritmos de crescimento, pelo contributivo para o emprego e volume de negócios gerados na região. O conceito de empresa gazela, que é assumido internacionalmente, refere-se a jovens empresas com elevados ritmos de crescimento sustentado ao longo dos tempos.
Na Região Centro, o número de empresas gazela tem vindo a crescer, sendo que passou de 57 em 2015, para 87 em 2016, correspondendo a um aumento de 53%. Mais dados sobre este estudo podem ser vistos em: https://tinyurl.com/l7wpoyh.

As empresas que nesta noite foram galardoadas são as que cumprem estes requisitos. Apresentam um crescimento do volume de negócios, superior a 20% ao ano, em 2013, 2014 e 2015. São empresas que nasceram a partir de 2007 e possuem a sua sede na Região Centro. Estas empresas tinham de empregar pelo menos 10 trabalhadores, em 2015, e possuir faturação igual ou superior a 500 mil euros nesse ano.