Informação em tempo real dos SMTUC comparticipada em 330 mil euros

A candidatura a fundos comunitários do projeto “Informação em tempo real”, submetida pela Câmara Municipal de Coimbra, foi aprovada pela Comissão Diretiva do Programa Operacional Regional do Centro. Significa que o projeto de Informação em tempo real, destinado aos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), vai ter uma comparticipação FEDER de 330.208 euros (taxa de 85%), num investimento elegível de 388.480 euros (total de 477.830 euros). A operação enquadra-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) de Coimbra.

No seu quotidiano, os utilizadores dos SMTUC já estão a beneficiar de parte deste projeto. Nomeadamente, através da colocação de novos painéis que disponibilizam informação em tempo real relativa à oferta de transporte público e o horário de passagem das viaturas de transporte público nas paragens.

No total, serão colocados 32 novos painéis eletrónicos de informação ao público em tempo real; 12 dos quais já substituíram os primitivos. Dos restantes, 15 destinam-se a serem instalados em novos locais e alimentados por energia solar e 5 painéis são de interior, com informação relativa às paragens nas imediações dos edifícios em que serão instalados, nomeadamente em instalações hospitalares, escolares, comerciais ou interfaces de transportes públicos.

Os utentes vão ainda beneficiar do sistema de informação visual disponibilizada em 40 painéis instalados no interior das viaturas dos SMTUC, relativamente à designação da próxima paragem, aproveitando a informação em tempo real fornecida pelo SAE (Serviço de Apoio à Exploração) e que já é atualmente usada pelo sistema sonoro análogo. A informação em tempo real no interior das viaturas passará, assim, a aliar a componente visual à sonora, beneficiando aqueles que tenham problemas auditivos.

Já do ponto de vista do funcionamento da transportadora pública, haverá atualização do módulo do SAE e Informação ao Público dos SMTUC, na vertente do software, para atualização do seu Sistema Central, de modo a ser mais fiável e preciso, podendo receber novas funcionalidades e garantir o fornecimento correto da informação em tempo real para os vários sistemas/plataformas e aplicações de informação ao público.

A operação prevê ainda a atualização e substituição do equipamento embarcado nas viaturas (computadores de bordo) para a totalidade da frota de transportes públicos dos SMTUC, permitindo o fornecimento ao SAE de informação em tempo real mais fiável e precisa, que viabilize o funcionamento correto dos vários sistema/plataformas e aplicações dela dependentes. A substituição é faseada, ao longo do ano passado e deste ano.
Por último, será implementada uma plataforma de disponibilização de “dados abertos” (open data), que inclui a informação em tempo real proveniente do SAE, possibilitando a sua utilização por outras entidades, para além de permitir a alimentação de aplicações que serão desenvolvidas por iniciativa dos próprios SMTUC, no âmbito desta candidatura, com realce para planeadores de deslocações em transporte público, incluindo os destinados a dispositivos móveis.