Banda da PSP, Joana Amendoeira e Antigos Orfeonistas em concerto gratuito no Convento São Francisco

O grande auditório do Convento São Francisco (CSF) recebe, no próximo dia 2 de maio, pelas 21h30, um concerto da Banda Sinfónica da Polícia de Segurança Pública (PSP), oferecido ao Município de Coimbra por ocasião do 139.º aniversário da PSP de Coimbra. O espetáculo conta com o alto patrocínio da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) e a participação especial da fadista Joana Amendoeira e do Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra (UC).

Na conferência de imprensa de apresentação do espetáculo, que decorreu hoje, na Unidade de Comando Distrital da PSP, a vereadora da Cultura da CMC, Carina Gomes, afirmou que a “qualidade de todos os intervenientes” antecipam o que, na sua opinião, será um “concerto magnífico”. No encontro com os jornalistas, estiveram também presentes o comandante da PSP de Coimbra, Pedro Teles, o presidente do Coro dos Antigos Orfeonistas da UC, Santos Cabral, e respetivo o maestro, Virgílio Caseiro.

“Não é a primeira vez, nem será certamente a última que a Câmara Municipal de Coimbra se associa à PSP, nestas comemorações”, salientou a autarca, garantindo que o Município tem “trabalhado com as instituições da sociedade civil e também com as instituições militares”, incluído “as forças de segurança da nossa cidade, de maneira a transformar cada vez mais a nossa cidade numa verdadeira comunidade de vizinhos”. 

Segundo Carina Gomes, é importante que “as várias entidades trabalhem de forma articulada e acertada (…) no âmbito das suas competências”, sublinhou.

A edil alertou para o facto de o levantamento dos bilhetes, gratuitos, ter de ser efetuado presencialmente. Para o efeito, os interessados deverão dirigir-se, a partir das 15h00 de hoje, à bilheteira do CSF (máx. 4 bilhetes por pessoa). 

O comandante da PSP de Coimbra, Pedro Teles, agradeceu o total apoio da autarquia, salientando que a Banda Sinfónica da PSP proporcionará um espetáculo “de nível ainda mais elevado com a presença do Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra e, também, da fadista Joana Amendoeira”. Trata-se de uma forma de comemorar o 139.º aniversário da “polícia mais antiga de Coimbra ao serviço do cidadão”, como destacou Pedro Teles.

A Banda Sinfónica da PSP teve origem num agrupamento de elementos policiais com conhecimentos de música que pertenciam ao então Comando Distrital da PSP de Lisboa - atual Comando Metropolitano. A partir de 1979, sob a chefia do major Silvério de Campos, aquele agrupamento evolui para um estádio de absoluto desenvolvimento artístico, o que permitiu concretizar a realização de um velho sonho de todo o pessoal da PSP - integrar no seu efetivo uma Banda Sinfónica oficial.

Programa
Banda Sinfónica da PSP
Comissário Ferreira Brito (Maestro)
Coro dos Antigos Orfeonistas da UC
Virgílio Caseiro (Maestro)
Joana Amendoeira