CMC assinala Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com lançamento de novo circuito pedonal e nova atividade lúdico-pedagógica

O lançamento de um novo circuito pedonal – “O Passeio Público de Coimbra - Do Cais das Ameias à Portagem” – e de uma nova atividade lúdico-pedagógica, intitulada “À Descoberta do Museu Municipal”, são duas das propostas de programação da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, efeméride que este ano é dedicada ao tema “Património Cultural e Turismo Sustentável” e se comemora na próxima terça-feira, 18 de abril.

Neste dia, a cidade de Coimbra celebrará o património disponibilizando, ainda, uma outra visita guiada, sobre as “Tradições Académicas e a Canção de Coimbra”, uma iniciativa da “Rota das Tabernas” e possibilitará a entrada gratuita nos núcleos museológicos do Museu Municipal de Coimbra, bem como na Casa-Museu Miguel Torga.

A convite da Direção-Geral do Património Cultural, entidade coordenadora nacional do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, a CMC preparou as seguintes iniciativas, algumas delas sujeitas a inscrição prévia e dirigidas a um público diversificado:

18 de abril, terça-feira


Das 10h00 às 15h00 | Serviço Educativo Museu Municipal | “À DESCOBERTA DO MUSEU MUNICIPAL”
Lançamento e dinamização de novos jogos infantis, criados a partir dos habituais jogos de descoberta, que darão a conhecer o conceito do Museu Municipal e a descobrir os vários Núcleos que o compõem (Coleção Telo de Morais – Edifício Chiado; Núcleo da Cidade Muralhada – Torre de Almedina; Núcleo da Guitarra e do Fado de Coimbra – Torre de Anto).

Público-alvo: Infantil
Local: Museu Municipal de Coimbra | Edifício Chiado (Rua Ferreira Borges n.º 85)
A iniciativa não carece de inscrição.

10h30 | Percurso pedonal | Lançamento do circuito temático “O PASSEIO PÚBLICO DE COIMBRA – DO CAIS DAS AMEIAS À PORTAGEM”

Sinopse | A partir do séc. XVIII surge, nas cidades europeias, o conceito de Passeio Público, jardim que todos, e não só as classes mais elevadas, podiam frequentar, desfrutando destes espaços verdes, pequenos oásis dentro das cidades, onde se convivia, se via e se era visto. Em Coimbra, segundo uma planta da cidade de Isidoro Emílio Baptista, existia já, em 1845, o Jardim do Cais. É por esta altura que Coimbra rompe as malhas da cidade quinhentista e começa a expandir-se para outras zonas. 
O percurso da visita integra uma referência ao Antigo Passeio Público de Coimbra, devidamente enquadrado na época, nas vivências sociais e no estilo arquitetónico, prevendo uma pequena apresentação no interior do “Hotel Astória”.

Público-alvo: Estudantes e público em geral
Local de encontro: Museu Municipal de Coimbra | Edifício Chiado (Rua Ferreira Borges, n.º 85)
Inscrições gratuitas, mas obrigatórias até 15 de abril (sábado) – Telef. 239 840 754

12h30 | ROTA DAS TABERNAS | Almoço no restaurante “Cova Funda” (O Espanhol)

No piso inferior (taberna), com acesso pelo Terreiro da Erva / Beco do Fanado, a ementa será composta por sopa à Lavrador, bacalhau com grão, fruto ou doce, vinho do lavrador e café, com um custo de 10 euros/pessoa.
A iniciativa está sujeita a uma lotação de 50 participantes, implicando inscrição prévia (obrigatória), através do telefone n.º 239 702 630 (Casa Municipal da Cultura).

15h00 | Visita guiada | “TRADIÇÕES ACADÉMICAS E A CANÇÃO DE COIMBRA”

Itinerário: Largo de São Salvador (Repúblicas); Rua do Loureiro; Travessa da Matemática; Rua da Matemática (Salatinas / Repúblicas); Largo da Matemática; Rua do Loureiro; Rua de São Salvador (Salatinas / Repúblicas); Rua do Loureiro; Casa da Escrita; Torre de Anto – Núcleo da Guitarra e do Fado de Coimbra.

Público-alvo: Público em geral
Local de encontro: Sé Nova (Largo da Sé Nova)
Inscrições gratuitas, mas obrigatórias – Telef. 239 702 630 (Casa da Cultura) / 239 857 500 (Casa Aninhas)

ENTRADAS GRATUITAS EM EQUIPAMENTOS MUNICIPAIS:
- Núcleos do Museu Municipal de Coimbra: Edifício Chiado, das 10h00 às 18h00; Torre de Almedina e Torre de Anto, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.
- Casa-Museu Miguel Torga, das 14h30 às 18h00 (Praceta Fernando Pessoa n.º 3).

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios celebra-se no dia 18 de abril, por proposta do ICOMOS (Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios), uma associação de profissionais da conservação do património aprovada pela UNESCO, em 1983. A efeméride foi criada com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para a necessidade da sua proteção e valorização. Deste modo, celebrando o património nacional, comemora-se também a solidariedade internacional em torno do conhecimento, da salvaguarda e da valorização do património em todo o mundo.

Com o conjunto de iniciativas que levará a cabo, a Câmara Municipal de Coimbra dará a conhecer aos munícipes a identidade cultural da cidade, em associação com as potencialidades turísticas do património local, sob perspetivas distintas, indo de encontro ao tema proposto pelo ICOMOS, que pretende celebrar os benefícios de uma relação saudável entre o desenvolvimento sustentável do turismo e o património cultural.