Coimbra acolhe “Concerto Pela Paz” na Antiga Igreja do Convento São Francisco

Coimbra prepara-se para acolher, pela primeira vez, um Concerto Pela Paz, à semelhança do que sucede noutras grandes cidades do país. Organizado pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) e apoiado pela Câmara Municipal de Coimbra (CMC), o espetáculo deverá realizar-se no próximo dia 19 de maio, na Antiga Igreja do Convento São Francisco. O programa ainda está por definir, mas uma das garantias é que a entrada será gratuita, apenas limitada à lotação máxima do espaço.

A realização do Concerto Pela Paz, em Coimbra, ficou acordada hoje, numa reunião entre responsáveis do CPPC e o presidente da CMC, Manuel Machado, que decorreu no gabinete do edil. A delegação do CPPC foi liderada pela sua presidente, Ilda Figueiredo, acompanhada por Francisco Queirós e Isabel Melo. Já na fase final da reunião, a mesma contou com a presença da vereadora da Cultura da CMC, Carina Gomes.

“Procuramos a solidariedade para uma causa – a cultura da paz”, sintetizou Ilda Figueiredo, que recordou atividades já desenvolvidas pelo CPPC em Coimbra, como é o caso de exposições, que tiveram lugar no Ateneu e em freguesias. Manuel Machado lembrou que António Arnaut faz parte do CPPC, indicação que Ilda Figueiredo confirmou. “António Arnaut é membro da presidência, tal como o Pezarat Correia”, indicou. 

A antiga eurodeputada eleita pela CDU deixou ainda mais duas propostas a Manuel Machado, mas estas numa perspetiva de médio prazo: a adesão da CMC ao recém criado Movimento dos Municípios pela Paz e ao próprio CPPC.