(In)citação de 1 fevereiro

 

 "Na leitura, a amizade é subitamente reduzida à sua pureza primeira. Com os livros não há amabilidade. São amigos com quem passamos o serão se realmente nos apetece. E deles, pelo menos, é com pena que muitas vezes nos separamos. E quando nos separamos deles não nos ocorre nenhum dos pensamentos que estragam a amizade: Que é que eles pensarão de nós? - Não teremos falta de tacto? - Teremos agradado? - nem o medo de que outro nos relegue para o esquecimento. Todas estas agitações da amizade expiram no limiar dessa amizade pura e calma que é a leitura. Também não há diferença; nós não nos rimos do que diz Molière senão na exacta medida em que lhe achamos graça; quando ele nos aborrece, e quando já estamos decididamente fartos de estar com ele, pomo-lo no seu lugar tão bruscamente como se ele não tivesse nem génio nem celebridade. A atmosfera desta pura amizade é o silêncio, mais puro do que a palavra."

 

Marcel Proust, Sobre a leitura 

 

[excerto seleccionado por: Biblioteca Municipal de Coimbra]